quinta-feira, 14 de julho de 2011

6 meses de um novo AMOR!

...

Hoje quero falar q Gabizinho faz 6 meses!
6 meses de um novo amor!
Gabi veio pra somar!

Independente  das circunstâncias e de toda confusão que veio junto com uma gravidez inesperada (porém muito desejada), independente de qualquer ‘pré-conceito’ ou julgamento, valeu e vale muito a pena ser MÃE!

E ser mãe de dois então... é alegria, amor, cumplicidade, emoções, tudo em dobro!!!

Aproveito pra falar hoje, e faz tempo q ensaio falar sobre isso, de um livro q meu ajudou mto, mas mto a entender, aliás, a aceitar o pq de tudo o q estava acontecendo e o pq daquela maneira... O livro se chama ‘A Alma Dos Nossos Filhos’ de Saundra Cortese.
É um livro espiritualista.

 
O que mais me chamou atenção nesse livro e fez eu olhar tudo de uma outra maneira, foi q ele diz q não somos nós q escolhemos ser mães, mas sim o filho q nos escolhe...

Abaixo vou colocar alguns, só alguns trechos...

(...)“A alma que se encontra na forma física não escolhe as circunstâncias em que aprenderá as lições desta vida, mas o indivíduo escolhe como lidará com elas.”(...)

(...)”A alma que é livre não precisa ter pressa. Ela não conhece o tempo como nós o conhecemos. Ela não sabe o que são horários ou prazos e por isso espera – anos, décadas, até séculos – antes de escolher um homem e uma mulher para conceber um corpo no qual ela possa empreender sua nova jornada na Terra.”(...)

(...)”A alma escolhe a mãe e o pai para conceber seu corpo físico, mas ela também os escolhe para que sejam seus mestre e guardiães.”(...)

(...)”Essas almas são as que se tornam irmãos, amigos ou companheiros excelentes. E, o que é mais importante, tornam-se pais afetuosos."(...)

(...)”Criar um filho sozinho costuma ser uma opção espiritual – uma parceria escolhida pela sua alma e pela alma da criança. Uma nova alma escolhe uma determinada pessoa para ser ao mesmo tempo seu pai e sua mãe, com o propósito de aprender determinadas lições na vida, assim como você optou por criá-la sem a ajuda de um parceiro, também para aprender determinadas lições na vida. Você tem que ter sempre em mente o fato de que tudo foi uma questão de escolha."(...)

(...)”Quando você é mãe solteira, seu foco de atenção deixa de ser você mesmo e se amplia, para incluir uma outra alma.”(...)

(...)”De certa forma, criar um filho sozinho é, na verdade, como ser pai e mãe ao mesmo tempo: exige que nos dediquemos a ele o tempo todo. As recompensas, no entanto, também são constantes.”(...)

(...)”O otimismo que sentiu quando decidiu por uma criança no mundo deve permancer no seu coração pra sempre.”(...)

(...)”Deus está sempre conosco, e nós podemos perceber a presença dELe. Se você cria seus filhos sozinha ou com o parceiro, se você pensa em ter um bebe algum dia ou já está formando uma família, lembre-se de que você e seus filhos sempre serão parceiros.”(...)

E tudo isso, mais o amor que eu já sentia, faz com que hoje eu tenha a plena certeza de que tudo acontece no momento certo.

(Gabi e Gi, rsrs, em 13/01/2011)

(Gabi quando nasceu, 14/01/2011)

(uma das primeiras mamadas!)

(saindo da maternidade em 16/01/2011)

(meus amores! 24/04/2011)

(fazendo 5 meses!!! 14/06/2011)

 
(meu primeiro amor... 14/06/2011)

(maravilhado com o pianinho q foi do Gi - 18/06/2011)


(brincando na casa da tia Su em 19/06/2011)

Giovani e Gabriel,
a mamãe AMA vocês mais que demais!!!!
Amo tanto que até dói!!!!
Amo pra sempre!

Bjs
da Li

...

7 comentários:

  1. Seus filhos são lindooooos neh??

    Parabéns pelos 6 meses do Gabi!!
    Família linda a sua.

    E ó, Deus te vê, te ouve e sabe tudo o que vc precisa e necessita.
    Ele viu que vc poderia ser a mãe do Gabi, e ponto final. AS circunstâncias, problemas e adversidades a gente enfrente, e vc as enfrentará com eles.

    Nem sei pq escrevi tudo isso, deu vontade!

    Beijo enooorme!

    ResponderExcluir
  2. Tudo e todos verdadeiramente lindos neste post Li!!
    Adorei

    beijos
    Karin Montone

    ResponderExcluir
  3. Parabéns!!!É muito amor,gente...eles são lindoooooos...

    ResponderExcluir
  4. Lindos! Um mais fofo que o outro! Deus te abençoe!

    ResponderExcluir
  5. Oi Li,

    Primeiro quero dizer q seus filhos são lindoooos!!
    Adorei o Li de Linda! kkkkkk
    Ser mãe é isso mesmo, um misto de emoções, sensação de plenitude amor inexplicável, sem medida e sem tamanho!

    Bjoooo

    Loreta

    www.bagagemdemae.com.br
    @bagagemdemae

    ResponderExcluir
  6. Fofura pouca é bobagem hein!!! Coisinha mais linda!!!!

    ResponderExcluir
  7. Amiga fico muito feliz em ler este post... em ver como o tempo é sábio... e somente ele para ajeitar tudo... Li vc viu o verdadeiro amor nunca se divide, só se multiplica... beijos.
    Seus “parceiro” estão um lindeza só...diz, como não amar estas coisas fofas!!!


    “A alma que é livre não precisa ter pressa. Ela não conhece o tempo como nós o conhecemos. Ela não sabe o que são horários ou prazos e por isso espera – anos, décadas, até séculos...”

    Então meu filhotinho ainda nem percebeu que ele foi e eu fiquei...

    ResponderExcluir