segunda-feira, 11 de outubro de 2010

sobre Legião...

...
Numa conversa hoje via twi, com a @LilahBianchi 'combinamos' um post falando sobre o maravilhoso Renato Russo, infelizmente não tenho tempo hoje pra fazer como queria e Renato merecia, mas fica aqui - pra todos vcs que curtem e fazem essas poesias viverem e reviverem e sobreviverem ao tempo, à lembranças e ao mundo tão diferente dos nossos anos 80 - uma das muitas músicas do Legião que muito me marcou e que hoje cabe mto bem á tudo que sinto e estou vivendo no momento!!!!

e também vale muito a pena conferir o sensasional e sensível post da Lilah, aqui ó... no blog Tramas, Tranças e Bobagens - Eu e Renato!!!

segue minha música de hoje e minha letra!!!

bj
da Li e bom feriado pra todos e Dia das Crianças também!!!




É saudade, então
E mais uma vez
De você fiz o desenho mais perfeito que se fez
Os traços copiei do que não aconteceu
As cores que escolhi entre as tintas que inventei
Misturei com a promessa que nós dois nunca fizemos
De um dia sermos três
Trabalhei você em luz e sombra


E era sempre: "Não foi por mal"
Eu juro que nunca quis deixar você tão triste
Sempre as mesmas desculpas
E desculpas nem sempre são sinceras
Quase nunca são


Preparei a minha tela
Com pedaços de lençóis que não chegamos a sujar
A armação fiz com madeira
Da janela do teu quarto
Do portão da sua casa
Fiz paleta e cavalete
E com as lágrimas que não brincaram com você
Destilei óleo de linhaça
E da sua cama arranquei pedaços
Que talhei em estiletes de tamanhos diferentes
E fiz, então, pincéis com seus cabelos
Fiz carvão do baton que roubei de você
E com ele marquei dois pontos de fuga
E rabisquei meu horizonte


E era sempre: "Não foi por mal"
Eu juro que não foi por mal
Eu não queria machucar você
Prometo que isso nunca vai acontecer mais uma vez


E era sempre, sempre o mesmo novamente
A mesma traição

Às vezes é difícil esquecer:
"Sinto muito, ela não mora mais aqui"
Mas então, por que eu finjo
Que acredito no que invento?
Nada disso aconteceu assim
Não foi desse jeito
Ninguém sofreu
E é só você que me provoca essa saudade vazia
Tentando pintar essas flores com o nome
De "amor-perfeito"
E "não-te-esqueças-de-mim"

...

Nenhum comentário:

Postar um comentário