terça-feira, 6 de outubro de 2015

eu mesma!!!!!!

...

Hoje tenho certeza que sou MUITO mais FELIZ
e MUITO mais RESOLVIDA 
que MUITA 'gente' por aí!!!!

Meus valores são bem outros!

E quer saber? Graças à Deus!

bjbj
da Li


e pra finalizar a frase do dia: 
"os outros só fazem com você, o que você permite!!!"

...

sexta-feira, 26 de junho de 2015

por Clarissa Corrêa






("botem reparo" no cabelão! apaixonada pelo look!!! foto de 21/6/15)

“… O importante é querer estar junto, querer não desistir. 
Ninguém tem a obrigação de saber o que a gente pensa. 
O que as pessoas devem é respeitar o que pensamos, isso sim. 
E entenda: 
ninguém vai pensar como você porque ninguém sente como você. 
Não queira colocar uma fita métrica imaginária no coração do outro
 e medir vamos-ver-quem-ama-mais. 
O amor não tem medidas, números, não cabe na balança. 
Cada um tem seu jeito, sua forma, sua personalidade. 
A gente tem que aceitar. 
Não só o outro, mas a gente mesmo. 
E viver.”

Clarissa Corrêa


(sorrisão no rosto sempre, vida suaviza assim!!! foto de 23/5/15)
E um ótimo fds pra nós!
Bj bj
da Li

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Vá Amar...!!!

...
Ame alguém que compreenda as tuas necessidades e que se doe,
sem cobrar o que fez por isso.

Alguém que saiba te receber em partes,
porque sabe que ser inteiro, às vezes, é o teu maior sacrifício.

Ame aquele que pare por você,
mas que te apresse se a distância começar a pesar.

Que justifique ausências com poucas desculpas
e que reapareça no meio da noite escura,
que saiba ser reencontro, antes mesmo de se afastar.

Ame alguém que divida as dores, que reconheça os teus sabores,
que não te pergunte 'aonde vai',
mas que esteja pronto, se for preciso te acompanhar.

Não ame aquele que te perturba, mas alguém que seja um pouco de cura,
que mesmo que não te salve, te dê motivos para lutar.

Ame aquele que não se desfaça em outros compromissos,
mas que refaça teus sorrisos, aquele alguém que sabe ser teu parceiro,
que seja antes de tudo o teu melhor amigo.

Ame aquele que não for perfeito,
mas que seja sincero com seus desacertos,
que esteja disposto no que seja preciso corrigir,
que te dê tranquilidade quando for preciso perdoar.

Aquele que não te perca, que saiba quando te aborreça,
aquele que tenha ciência que te possuir significa te conquistar.

Ame alguém que te receba, que te perceba,
que saiba quando você precisa cair no abismo, e quando precisa voar.

Não se preocupe em amar alguém que seja para sempre,
porque o amor é construir o eterno a cada segundo.

Ame alguém que te transborde, mas que te faça infinito.

Ame alguém que te atravesse a rua
e, de esquina em esquina, caminhe a vida contigo.




... E como disse nosso querido PH, 
ENTÃO É ISSO, VÁ AMAR!

bjbj
da Li...



...

sexta-feira, 8 de maio de 2015

E Se Não Der Certo?


...

Eu apostaria que você já se fez essa pergunta alguma vez em sua vida! Talvez diante de uma nova proposta de trabalho. Talvez diante da possibilidade de mudar de estado ou de país. Mas especialmente diante do desejo de se envolver com alguém. Sim! É bem provável que essa pergunta tenha gritado em sua mente ao se descobrir apaixonando-se incontrolavelmente por uma pessoa.

Bem, é natural ter medo daquilo que a gente não consegue controlar. É bem compreensível sentir frio na barriga, palpitação, dor de estômago e aquela baita ansiedade diante do que se parece com um abismo de emoções desconhecidas, situações imprevisíveis e, principalmente, diante do universo absolutamente misterioso que é o outro.

Então, ok, vale se questionar: e se não der certo? E se você quebrar a cara? E se seu amor ou sua paixão não for correspondida? E se você sair dessa experiência com o coração despedaçado? E se…? E se…?

Poderia continuar expondo aqui mais um monte de prováveis e até de improváveis possibilidades. Mas será que isso realmente importa? Ou melhor, será que essas perguntas realmente são mais importantes do que a imperdível e maravilhosa oportunidade de tentar? De se encher de coragem e pagar pra ver? De simplesmente viver?

Quer saber? Pode ser mesmo que não dê certo. Mas pode ser que dê! E importa pouco por quanto tempo. Pode ser que dê certo por um dia, por um mês, por um ano ou por toda a sua vida. O amor vale pelo tempo que for.

Pode ser mesmo que você quebre a cara. Mas pode ser que você não quebre! Pode ser que sua cara fique mais linda e feliz do que jamais esteve. E mesmo que vierem lágrimas, decepções e até mágoas, tudo bem… Faz parte do amor o aprendizado de se tornar melhor, de perdoar e de aceitar as diferenças.

Pode ser mesmo que seu amor não seja correspondido. Mas pode ser que seja! E, afinal, qual é a medida? Você tem um amorômetro para averiguar quanto ama e quanto é amado? Imagino que não. Então, que tal se concentrar mais em sentir e mostrar do que em ter certeza se está sendo e quanto está sendo correspondido? Em última instância, é no exercício de amar que você vai saber se vale a pena ficar ou se é melhor seguir adiante. Sem se permitir, qualquer escolha é covardia e desperdício!

Por fim, pode ser mesmo que você saia dessa experiência com o coração despedaçado. Mas pode ser que não! Além disso, o coração é reciclável, é remontável, é forte e renasce quantas vezes você quiser. Ele desmonta, mas não desmancha! E para juntar os cacos, preserve os amigos, abra-se com quem ama você! O tempo cura.

E se você conseguir entender, de uma vez por todas, que amor é sempre crescimento, seja pelo prazer ou seja pela dor, pode relaxar. Porque terá, finalmente, entrado em sintonia com o que há de melhor em você! E sendo assim, haja o que houver, bom mesmo é sempre o amor vivido com toda a sua verdade e toda a sua coragem!


E Se Não Der Certo? por Rosana Braga 


(eu em foto de 24/04/2015)

"O amor vale pelo tempo que for."

Amei essa frase! Adoro textos da Rosana!

...

quarta-feira, 18 de março de 2015

Fique com alguém que não tenha dúvidas

...

Quando a gente quer muito uma pessoa, a gente se engana. A gente tenta encaixar aquele outro ser humano em posições que nunca foram dele. A gente clama ao universo para um sim em algo que já começou destinado ao não. A gente quer, e a gente bate o pé e faz pirraça feito criança para conseguir. Mas um dia a gente percebe que amor tem que ser uma via de mão dupla. Amor tem que ser fácil, tem que ser bom, tem que ser complemento, tem que ser ajuda. Amor que é luta é ego. Amor que rebaixa é dor. E então a gente aprende que amor que não é amor, não encaixa, não orna, não serve.

Fique com alguém que não tenha conversa mole. Que não te enrole. Que não tenha meias palavras. Que não dê desculpas. Que não bote barreiras no que deveria ser fácil e simples. Fique com alguém que saiba o que quer e que queira agora.

Fique com alguém que te assuma. Que ande com orgulho ao seu lado. Que te apresente aos pais, aos amigos, ao chefe, ao faxineiro da firma. Que segure a sua mão ao andar na rua. Que não tenha medo de te olhar apaixonadamente na frente dos outros. Fique com alguém que não se importe com os outros.

Fique com alguém que não deixe existir zonas nebulosas. Que te dê mais certezas do que perguntas. Que apresente soluções antes mesmo dos questionamentos aparecerem. Fique com alguém que te seja a solução dos problemas e não a causa.

Fique com alguém que não tenha traumas. Que não tenha assuntos mal resolvidos. Que saiba que para ser feliz, tem que deixar o passado passar. Fique com alguém que só tenha interesse no futuro e que queira esse futuro com você.

Fique com alguém que te faça rir. Que te mostre que a vida pode ser leve mesmo em momentos duros. Que seja o seu refúgio em dias caóticos. Fique com alguém que quando te abraça, o resto do mundo não importa mais.

Fique com alguém que te transborde. Que te faça sentir que você vai explodir de tanto amor. Que te faça sentir a pessoa mais especial do universo. Fique com alguém que dê sentido à todos os clichês apaixonados.

Fique com alguém que faça planos. Que veja um futuro ao seu lado. Que te carregue para onde for. Que planeje com você um casamento na praia, uma casa no campo e um labrador no quintal. Fique com alguém que apesar de saber que consegue viver sem você, escolhe viver com você.

Fique com alguém que não se esconda. Que não te esconda. Que cada palavra seja direta e clara. Que não dê brechas para o mal entendido. Que faça o que fala e fale o que faça. Fique com alguém cujas palavras complementam suas ações.

Fique com alguém que te admire. Que te impulsiona pra frente. Que te apoie quando ninguém mais acreditar em você. Que te ajude a transformar sonhos em realidade. Fique com alguém que acredite que você é capaz de tudo aquilo que queira.

Fique com alguém que você não precise convencer de que você vale a pena. Que não tenha dúvidas. Fique com alguém que te olhe da cabeça aos pés e saiba, sem hesitar, que é você e só você.

Fique com alguém que te faça olhar para trás e agradecer por não ter dado certo com ninguém antes. Fique com alguém que faça não existir mais ninguém depois.


texto lindo da Marina Barbieri que li no Deu Ruim!


(imagem google)

...

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Sobre remar por Li Gratti

...


Não adianta querer explicar quando o outro não quer entender...
Mas...

Num barco, quando só um rema, e o outro se deixar levar pelas ondas,
o que acontece?
O barco gira, gira, gira e não sai do lugar!

E quando isso acontece, o barco fica vulnerável, claro!

E mesmo com o barco vulnerável, você rema, rema, rema... e o outro? O outro segue o balanço das ondas... e o barco? O barco gira, gira e gira... e não sai do lugar...

Infelizmente (ou felizmente???!!!) não há perfeição no mundo,
nem em barcos... nem em mim... nem em vc!

Um barco, precisa de uma direção, e mais, precisa de empenho e dedicação pra chegar em algum lugar!!!
Então quem estiver dentro do barco, precisa remar junto!
Precisa querer remar junto!

E quando isso não acontece... quem rema, perde as esperanças... quem segue a onda, se perde... e o barco? não sai do lugar e afunda.

O barco não afunda por causa de um deslize ou descuido,
o barco não afunda de uma hora pra outra, de repente, por causa de um fato...

Um fato, ou deslize (como queira chamar) só faz enxergar que o barco já estava debaixo dágua,
e talvez por que não foi remado em conjunto... não seguiu um caminho... uma direção!

Então o barco é solto... abandonado, não adianta mais remar...
É doloroso pra quem rema ver o barco afundar mas é hora de seguir em frente,
reanimar as esperanças, acreditar em si, saber que novas embarcações irão surgir...

_ Li Gratti


(imagem google)


...

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Teor Invendável


...

hoje vou só de música...
depois posto sobre o niver, q foi lindo, como sempre!


No início
Você era dócil
Era tudo fácil
Nenhum sacrifício
Um amor incrível
Inacreditável
Era tão visível
Um amor viável

Mas ficou difícil
Quase insustentável
Ao virar um vício
Foi inevitável
Ficou tão sofrível
Irrecuperável
E o que era possível virou descartável

Pensei que essa separação talvez fosse amigável
Nem me toquei que entre nós abriu-se um precipício
Toda história de amor de modo inexplicável
Se alterna entre fogo real e fogos de artifício
Nem que eu me vire do avesso consigo entender

Livre não é disponível, teor invendável

Tudo que pude do amor eu tentei escrever
Um sentimento imbatível, pra sempre intocável




domingo, 25 de janeiro de 2015

Um dia de cada vez...

...

Ah, hoje seria dia pra tantas palavras,
mas como colocar em ordem quando estou tão bagunçada?

Infelizmente (ou não) não posso tomar decisões pelos outros,
mas por mim, somente e ainda bem...

Se é fácil ou não, se acredito ou não, se vou conseguir ou não,
isso vejo depois,
hoje, agora, preciso de decisão... e depois fazer acontecer!

Acredito que seja assim que funciona...
Primeiro eu sei o que quero pra mim,
ou melhor, e mais importante que isso... eu sei o que não quero pra mim...

Hoje depois de tanta coisa vivida, sei o que preciso do meu lado...

Claro que ainda tenho muito que aprender e conhecer, sei também que ainda vou me decepcionar, mas isso já não depende só de mim... envolve outros.

Mas enquanto algumas coisas estiverem somente em minhas mãos,
vou fazer o melhor...
E agora o melhor a fazer é cuidar bem de mim!
(e confesso que gostaria muito de também poder cuidar de você, cuidar de nós, mas isso não consigo fazer sozinha...)

Sei que o post está confuso!
Mas eu também estou! Confusa e muito triste e magoada...

A partir de agora meu melhor amigo será o tempo...
Um dia de cada vez...

Depois eu volto pra esse meu cantinho,
desabafando coisas boas!
Me prometo...
bj bj 
da Li

Amiga querida diz: 
Você está exausta da tsunami que viveu ano passado.
Dai eu penso: Que vivi? 
A tsunami ainda está com força. 
A grande onda chegou e foi derrubando tudo, 
mas a mare ainda não baixou. 
E a exaustão vem de que apesar de tudo, 
ainda não posso parar de nadar...

_ Patrícia Daltro

Depois li em seguida...


 Boie um pouco pra não se cansar!

_ Isabella Cunha Lawen

É isso aí, Patrícia e Isabella, não posso parar de nadar e preciso boiar...


(imagens google)
...

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Entrelinhas (da Marcely)

...

Perder tempo é o de menos.
Complicado mesmo são os pedaços de histórias que vamos deixando de realizar por estarmos ocupado demais tentando adiar o inadiável.
É chato, eu sei, mas é verdade.
Eu quis muito que tudo desse certo. 

Quis muito que tudo fizesse sentido. 
Quis que os medos desaparecessem e que as incertezas fossem mandadas para longe.
Mas não foi assim.
Tudo se complicou com as renúncias que não fez, com a covardia de não impor limites, com a ausência de pulso firme quando tudo desmoronava e você ficava ali, com os olhos assustados me pedindo abrigo sem nem ao menos entender o porquê de tudo aquilo.
Ceder é preciso. 

Abrir mão de algumas vontades também. 
Não dá para enfiar goela abaixo todas as suas prioridades e esperar que o outro as aceite.
Não faz sentido. Não é justo.
Amor não é obediência. 

Não se abre mão de quem a gente é em prol de alguém que ao invés de nos fazer bem só nos faz mal.
É. Faz mal.
Esquecer o que te move não é saudável. 

Ignorar por completo todas as suas necessidades não te adianta. 
Só prende, atrasa. 
Coloca em dúvida o que até ontem era certo.
Está vendo? Tudo desanda e você não percebe. Não sente. Não digere. Cansa.
Esgota e o que era para ser uma nova oportunidade de conserto, 

se transforma na última tentativa que foi em vão.

Marcely Pieroni Gastaldi
do blog Entrelinhas da Vida 

(imagem google... acho LINDO vitória-régia!)
...

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

"pessoa certa" por Li Gratti

...

pensei que meu próximo post eu falaria sobre decepção, ou aprender com erros, ou assumir as responsabilidades... essas eram as idéias... mas vão ficar para os próximos ainda...

agora preciso falar sobre a "pessoa certa"...

existe a pessoa certa?

eu não consigo acreditar nisso...
talvez por tudo o que já vivi, eu acredito que há pessoas que se apaixonam e lutam pra dar certo, se dedicam, crescem e aprendem juntas!
mas alguém 'pronto', que vai combinar com você em tudo sempre, não, pra mim não existe!

o bacana de um relacionamento é a gente sentir que a pessoa está com você  por que quer, 
a base é o querer!
e a partir daí as coisas fluem, por que quando se quer mesmo, tudo o que vier pela frente é aprendizado, é superação, é companheirismo...

antigamente era assim... as pessoas se faziam certas!

quando a gente vê casais com 30, 40, 50 anos juntos, dá pra saber claramente que estão juntos por que querem, simples assim, estão juntos por que fizeram dar certo, e ainda fazem...
hoje em dia não é mais assim, talvez por estar tudo mais 'fácil', mais banal, sem paciência e tolerância, até mesmo por egoísmo, ou melhor, não sei por que hoje em dia não é mais assim...

quero continuar acreditando que um dia eu, você e todo mundo,
vamos encontrar alguém tão disposta a fazer dar certo e ser a pessoa certa!

e se você, por acaso, estiver esperando a 'pessoa certa' pra depois fazer dar certo... 
acredito q esteja perdendo tempo... 

se você se apaixonar e se for recíproco, 
se joguem, arrisquem, lutem pelo que querem e façam dar certo!
não será fácil, mas é totalmente possível.

_ Li Gratti

boa sorte pra nós
bj bj
da Li



(imagens google)

vou deixar abaixo um trechinho de um texto lindo e verdadeiro do meu querido Paulo Henrique Almeida...

(...)
Às vezes me perguntam sobre a falta de amor. Não falta amor. 
Falta inteligência do agora. Falta coragem na atitude de sua realização.
(...)
Se está faltando amor?
Está faltando tempo, vontade, entrega, devoção. 
Sentimento não. Nossa alma é preenchida de amor. 
Que fica ali, pacientemente, esperando ser exercitado. Aguardando, em gestos, ser locomovido.
(...)

_ P.H.Almeida



...